BlogBlogs.Com.Br

Blessed Grande Mãe

Gaia

Tradição Oral das Bruxas

Reza a Tradição que cada ser humano
recebe um dom da Deusa quando do seu nascimento.
Este dom se manifesta como um grande sonho;
E é tarefa de cada um, sonhar o seu sonho,
Deixar que seu sonho se manifeste livremente,
Para que seu dom se manifeste, ou seja,
Para que o destino se cumpra.
Negar a natureza do seu sonho é
negar a natureza do seu dom.
Negar a natureza de seu sonho
falo-á se transformar num pesadelo que
perseguirá implacavelmente o indivíduo.
Desta forma seu dom se tranformará em uma maldição
e assim mesmo o seu destino se cumprirá.

Blessed Deus das Bruxas

Photobucket

Eu

Se alguém perguntar quem sou,
diga que sou a filha da noite, que fala de amor, que fala do vento e se esquece do tempo...
Se alguém perguntar onde vivo, diga que vivo nas brumas que sabe do amor que conhece o desejo e Sonha sem pudor...
Se alguém perguntar por onde eu ando, diga que ando pela noite, pela lua e que nela me perco, desapareço, esqueço...
E se alguém perguntar como sou, diga que sou louca, apaixonada, que ama a magia do se entregar por inteiro, sem limites, sem freios a magia da vida.
Se alguém perguntar meu nome,
sou a bruxa
“Indra Witch”

Queridos e estimados visitantes

Sejam Bem Vindos ao meu Cantinho Mágico, sintão-se á vontade!!! Peço que depois de passear pelos caminhos da Magia, deixem um recadinho para esta Bruxa apaixonada por esse mundo poético e colorido!!
Abençoados Sejam!
Bjs Iluminados!!!
IndrasWitch

12.11.09

A Mulher!!!

399365-1

Por mim, acho que só as mulheres podem desarmar a sociedade,

até porque elas são desarmadas pela própria natureza:

Nascem sem pênis, sem o poder fálico da penetração e do estupro,

tão bem representado por pistolas, revólveres, flechas, espadas.

Ninguém lhes dá, na primeira infância, um fuzil de plástico, como fazem com os meninos, para fortalecer sua virilidade e violência.

As mulheres detestam sangue, até mesmo porque têm que derramá-lo na menstruação ou no parto.

Odeiam as guerras, os exércitos regulares ou as gangues urbanas, porque lhes tiram os filhos  de sua convivência e os colocam na marginalidade, na insegurança e na violência.

É preciso voltar os olhos para a população feminina como a grande articuladora da paz.

E para começar, queremos pregar o respeito ao corpo da mulher.

Respeito às suas pernas que têm varizes porque carregam latas d'água e trouxas de roupa.

Respeito aos seus seios que perderam a firmeza porque amamentaram seus filhos ao longo dos anos.

Respeito ao seu dorso que engrossou, porque elas carregam o país nas costas

São as mulheres que irão impor um adeus às armas, quando forem ouvidas e valorizadas

e puderem fazer prevalecer a ternura de suas mentes e a doçura de
seus corações.

Nem toda feiticeira é corcunda.

Nem toda brasileira é só bunda.

Rita Lee

0143

Acho o máximo esse texto, assim como a cantora!

Bjs Iluminados e super femininos!!!!!!

Nenhum comentário: