BlogBlogs.Com.Br

Blessed Grande Mãe

Gaia

Tradição Oral das Bruxas

Reza a Tradição que cada ser humano
recebe um dom da Deusa quando do seu nascimento.
Este dom se manifesta como um grande sonho;
E é tarefa de cada um, sonhar o seu sonho,
Deixar que seu sonho se manifeste livremente,
Para que seu dom se manifeste, ou seja,
Para que o destino se cumpra.
Negar a natureza do seu sonho é
negar a natureza do seu dom.
Negar a natureza de seu sonho
falo-á se transformar num pesadelo que
perseguirá implacavelmente o indivíduo.
Desta forma seu dom se tranformará em uma maldição
e assim mesmo o seu destino se cumprirá.

Blessed Deus das Bruxas

Photobucket

Eu

Se alguém perguntar quem sou,
diga que sou a filha da noite, que fala de amor, que fala do vento e se esquece do tempo...
Se alguém perguntar onde vivo, diga que vivo nas brumas que sabe do amor que conhece o desejo e Sonha sem pudor...
Se alguém perguntar por onde eu ando, diga que ando pela noite, pela lua e que nela me perco, desapareço, esqueço...
E se alguém perguntar como sou, diga que sou louca, apaixonada, que ama a magia do se entregar por inteiro, sem limites, sem freios a magia da vida.
Se alguém perguntar meu nome,
sou a bruxa
“Indra Witch”

Queridos e estimados visitantes

Sejam Bem Vindos ao meu Cantinho Mágico, sintão-se á vontade!!! Peço que depois de passear pelos caminhos da Magia, deixem um recadinho para esta Bruxa apaixonada por esse mundo poético e colorido!!
Abençoados Sejam!
Bjs Iluminados!!!
IndrasWitch

14.10.09

Sabbat de Beltane


"...quando você se despe da vestimenta da vergonha, quando os dois se tornam um o macho e a fêmea não é nem macho nem fêmea."
O evangelho de acordo com Egyptiana.



Beltane, ocorre no pico da Primavera. Marca o momento em que a Terra se aquece pelo calor do Sol e o Inverno é oficialmente deixado para trás.
É celebrado no hemisfério sul por volta de 31 de outubro. Na véspera de Beltane, as energias sexuais naturais atingem seu ponto mais alto. Marca a parte brilhante do ano e um tempo de equilíbrio natural. Na roda do ano fica do lado oposto de Samhain. É um festival de luz que simboliza a união entre as energias masculinas (o Senhor das Florestas) e femininas da terra (a Rainha da Primavera). Como Samhain representa o anoitecer do ano, Beltane representa o amanhecer. O Sol está se aproximando do seu auge que ocorrerá em Litha, e o calor ajuda a fertilizar as plantas e sementes, e os animais brincam e se acasalam. A Deusa e o Deus estão agora em plena vitalidade e amam-se com toda a intensidade. Eles irão consumar seu amor, sua paixão é evidente em toda a vida presente na Terra. Esse Sabá marca a união da Deusa e do Deus representando a fertilidade dos animais e as colheitas do próximo ano, é a união de todos os poderes que trazem vida a todas as coisas. Comemoramos a fertilidade, o amor que dá forças à tudo e o retorno do Sol em toda a sua intensidade.



A luz das fogueiras de Beltane no topo dos montes e em lugares sagrados era um ritual importante em todas as terras célticas. Essas fogueiras eram chamadas de “fogueiras da necessidade”, eram construídas de uma forma sagrada e davam-lhe oferendas como, por exemplo, ervas, artefatos animais ou totens para imbuir o fogo de poderes que seriam então passados para o gado. Era tradição as pessoas pularem as fogueiras para encher-se das energias poderosas, curar doenças, assegurar bons partos e pedir bênçãos dos Deuses da Fecundidade.

Atividades comuns em Beltane: 

• Pular fogueira (ou caldeirão);
• Guardar cinzas da fogueira para utilizar em encantamentos de fertilidade, para abençoar objetos e pessoas; • Fazer Mastro de Beltane;
• Dançar em volta do Mastro de Beltane;
• Colher ervas da estação;
• Fazer um piquenique em família;
• Lavar a face no orvalho da manhã de Beltane (isso traz beleza para quem o faz);
• Fazer máscaras com folhas para representar o Green Man;
• Colocar uma tira de tecido em uma árvore fazendo um pedido as Fadas;
• Fazer uma oferenda ao povo das Fadas;
• Faze um pacote de Beltane;
• Confeccionar guirlandas com flores multicoloridas para as mulheres e folhas verdes para os homens;
• Fazer oferendas ao espírito da Primavera;
• Fazer bolos redondos de aveia e cevada (Bolos de Beltane).




Cor: verde.
Deuses: Deuses das florestas, fertilidade, sexualidade, êxtase.
A Deusa, no seu aspecto de Fertilizadora, e o Deus, como Fecundador.
Ervas: cardo-santo, curry, narciso, coriandro, sangue-de-dragão,
samambaia, urtiga, sementes de linho, espinheiro, manjerona, páprica, rabanete,
cogumelo, amêndoa, rosas, folhas de sabugueiro, baunilha, ylang ylang.
Pedras: malaquita, quartzo rosa, esmeralda, berilo, turmalina,
quartzo verde, amazonita, aventurina.
Incensos: olíbano, lilás e rosa.
Cores das velas: verde escuro.

Fontes:
Explorando o Druidismo Celta – Sirona Knight Grimoire
Guia essencial da bruxa solitária – Scott Cunningham
A Religião da Deusa – Claudiney Prieto

Um comentário:

Bruma Artio disse...

Parabéns pelo seu blog, eu amei, sensível, inteligente e poético.
Adorei passear por aqui.

Um suave bater d'asas.